• Prev
Levy Gasparian/RJ - A Igreja Assembleia de Deus Ministério Levy Gasparian, ...
Paraíba do Sul/RJ - Nos dias 29 e 30 de março de 2019, foi realizado ...
Paraíba do Sul/RJ - No dia 30 de março de 2019, a União ...
Juiz de Fora/MG - Aconteceu no dia 28 de Março de 2019, na Primeira Igreja ...
Rede Vipgospel - todas logos

Política

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, autorizou o uso da Força Nacional de Segurança Pública na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. No local ficam os principais prédios públicos da capital do Brasil.

A portaria assinada por Moro determina que a força atue por um período de 33 dias. O texto foi publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira (17) e diz que a Força Nacional irá atuar para a “preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, na defesa dos bens e dos próprios da União em caráter episódico e planejado”.

O governo federal anunciou, nesta terça-feira (16), a criação de uma linha de crédito para caminhoneiros autônomos. Os profissionais poderão obter até R$ 30 mil para compra de pneus, manutenção dos veículos e melhorias de infraestrutura. O crédito será oferecido através do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Ao todo, serão disponibilizados R$ 500 milhões a caminhoneiros.

Além disso, o governo também irá liberar R$ 2 bilhões para melhorar rodovias. Os ministros da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, detalharam o projeto. Do Palácio do Planalto, eles defenderam a necessidade de investimento.

Nesta segunda-feira (15), ministros do governo Bolsonaro irão participar de uma reunião com o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, para discutir a política de preços da empresa. A medida ocorre após o presidente Jair Bolsonaro decidir suspender, na última semana, um reajuste de 5,7% no preço do litro do óleo diesel.

O encontro está marcado para 14h30 e terá a presença dos ministros da Casa Civil, Onyx Lorenzoni; da Economia, Paulo Guedes; da Secretaria de Governo, Carlos Alberto dos Santos Cruz; e da Secretaria-Geral da Presidência, Floriano Peixoto Vieira Neto. O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Joaquim Levy, também deve participar.

Tribunal Constitucional (TC) aceitou a coligação constituída pelo Partido Popular Monárquico (PPM), Partido Cidadania e Democracia Cristã (PPV/CDC), Chega e Democracia 21, intitulada "BASTA!", depois de não ter aceitado as duas primeiras.

"Nada haver que obste a que a coligação constituída pelo Partido Popular Monárquico (PPM) e o Partido Cidadania e Democracia Cristã (PPV/CDC) adote a denominação 'BASTA!', a sigla 'PPM.PPV/CDC' e o símbolo constate do anexo ao presente acórdão (infra), com o objetivo de concorrer às eleições para o Parlamento Europeu, a realizar no dia 26 de maio de 2019, e em consequência determinar a respetiva anotação", lê-se no acórdão ao qual a agência Lusa teve esta sexta-feira acesso.

Líderes políticos recebem oração

O pastor Silas Malafaia divulgou nas suas redes a oração que fez pelo presidente Jair Bolsonaro, pelo presidente do STF, Dias Toffoli, e pelo presidente do Congresso Nacional, Davi Alcolumbre, que participaram do do Congresso do Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil (Cimeb).

Visitas no Site

0011902970
HojeHoje622
OntemOntem1814
Esta SemanaEsta Semana8768
Este MêsEste Mês27697
Todos os diasTodos os dias11902970

Siga-nos no Facebook

Usuários Online

Temos 127 visitantes e Nenhum membro online