• Prev
Três Rios/RJ - A Rádio Melodia em comemoração aos seus 30 ...
Paraíba do Sul/RJ - No dia 14 de Julho de 2018, a Igreja Pentecostal Deus ...
Paraíba do Sul/RJ - Jovens da Igreja Evangélica Apascentar em Cristo, que tem ...
Três Rios/RJ -  Com a participação de vários cantores, ...
Rede Vipgospel - todas logos

Cinema

Em “Até o Último Homem”, o ator Andrew Garfield interpretou Desmond Doss, um soldado cujas crenças cristãs o impediam de pegar em armas durante a Segunda Guerra Mundial. A história real, levada às telas pelo diretor Mel Gibson, fala sobre fé em meio a adversidade.

O ator americano-britânico Andrew Garfield, conhecido por seus papéis nos filmes de 2007 Leões e Cordeiros e Boy A, em 2009 no filme O Mundo Imaginário do Dr. Parnassus e em 2010 no filme A Rede Social. Ganhou fama e sucesso mundialmente ao interpretar Peter Parker, no filme O Espetacular Homem-Aranha. Agora vai interpretar um padre jesuíta do século XVII no filme "Silence" (2016) do diretor Martin Scorsese. Garfield revelou que foi transformado enquanto estudava para o papel, e achou surpreendentemente fácil "se apaixonar" por Jesus Cristo.

Conhecido por ter sido intérprete do palhaço Bozo na década de 1980, o pastor Arlindo Barreto vive, hoje, uma vida diferente de sua rotina há 30 anos. Em entrevista a um blog do jornal O Globo, o líder falou acerca de seu passado e o novo longa, programado para 2017.

O novo filme é Bingo – O Rei das Manhãs. Na produção audiovisual assinada por Daniel Rezende, o ator Vladimir Brichta vive o palhaço Bingo – que retrata Arlindo e, por questões de direitos autorais, não pôde usar o nome ‘Bozo’ – em seus altos e baixos.

“Passei um tempo com o Vladimir, um ator excelente. Fiz uma espécie de coach e ele conseguiu pegar cada detalhe. Também acompanhei as filmagens. Quando o trailer foi divulgado, um dos meus filhos disse: ‘Pai, ele está igualzinho a você’. Me emociono quando falo sobre isso”, disse Arlindo, acerca do filme.

Segundo ele, uma das exigências para o filme era de mostrar sua conversão religiosa. “Se o longa ficasse folia por folia não teria propósito. Queria mostrar o poder que Deus tem. Antes, acreditava que, se chegasse ao topo do sucesso, conquistaria a paz que tanto sonhava. Mas caí numa roda viva que foi justamente o contrário”, afirmou.

Ele completa dizendo dos dramas familiares que vivenciou no período. “Minha primeira mulher saiu de casa com meu filho. Desci toda a escada da fama, fiquei deprimido. Usei cocaína e entrei no buraco negro. Tentei ajuda em várias terapias e não encontrei”. A mudança de direção, segundo ele, se deu após um acidente automobilístico.

Atualmente, Arlindo vive outro personagem. É Mr. Clown que, segundo informações divulgadas pelo O Globo, trata-se de uma comédia religiosa. “É um trabalho social. Não cobro ingressos, mas alimentos e roupas”, afirma.

Por fim, Arlindo contou que gostaria de voltar à trabalhar na televisão. “Sou ator, já atuei em novelas e gostaria de fazer dramaturgia. Não reeditaria o Bozo porque acho que não vingaria. As crianças de hoje mudaram”.

Fonte: Gospel Prime

O ator Chris Pratt ficou famoso mundialmente em 2014, depois de estrelar Guardiões da Galáxia. Ao assumir o papel principal em Jurassic World no ano seguinte, se consolidou como um dos galãs mais requisitados de Hollywood.

O que pouca gente sabe é que Pratt é um cristão praticante, que leva a sério sua relação com Deus. Em entrevista à revista Vanity Fair, ele contou que sua vida mudou totalmente na adolescência, quando ele conheceu a Jesus.

Na ocasião, morava no Havaí e tinha uma vida desregrada. “Eu estava sentado diante de uma mercearia, pois uma pessoa entrou e foi comprar cerveja para nós. Isso na ilha de Maui. Então um cara chamado Henry veio até mim e disse que eu precisava ser salvo”, lembra.

O evangelista, que tinha cerca de 40 anos, passou então a fazer várias perguntas sobre o estilo de vida do adolescente Chris, que então questionou: ‘Por que você está me perguntando isso?’. A resposta de Henry o surpreendeu: “Jesus me disse para falar com você”.

Pratt conta que “Naquele momento, eu pensei: tenho que ir com esse cara. Fui com ele até uma igreja. Nos dias seguintes eu surpreendi a todos os meus amigos, declarando que eu estava mudando de vida”.

Outro aspecto revelado por ele em entrevistas anteriores é como o ator leva a oração a sério.

Quatro anos atrás seu filho Jack nasceu, mas muito prematuro. Os médicos chegaram a dizer que o menino não sobreviveria pois estava bastante “fraco”. Caso conseguisse se recuperar, teria deficiências que carregaria pelo resto da vida. A criança passou cerca de um mês na UTI neonatal.

Ele e a esposa – a atriz – Anna Faris, passaram muito tempo em oração, lembra. “Estávamos com medo e oramos muito. Isso restaurou a minha fé em Deus, ou melhor: a redefiniu”.  Ao contrário da maioria dos atores de sucesso, para Chris, a família é muito importante.  “Anna e eu estamos destinados a ficar juntos. Nosso relacionamento me faz acreditar na intervenção divina”, assegura.

Quem acompanha Pratt pelas redes sociais, sabe que ele gosta de usá-las para falar sobre o amor de Deus. Seja compartilhando um versículo, ou falando de sua fé. Também as usa para promover a caridade e o amor ao próximo. Ele está envolvido em várias organizações sem fins lucrativo.

Fonte: Gospel Prime

O ator e cineasta David A.R. White é um dos responsáveis por grandes sucessos do cinema cristão. Um de seus maiores êxitos de bilheteria foi “Deus não está morto” (2014), que ganhou continuação em 2016.

Visitas no Site

0011722260
HojeHoje25
OntemOntem162
Esta SemanaEsta Semana187
Este MêsEste Mês9564
Todos os diasTodos os dias11722260

Siga-nos no Facebook

Usuários Online

Temos 155 visitantes e Nenhum membro online

Netflix: Filmes
A Netflix adicionou ...
2 Saladas
Incremente a sua ...
3 Tipos de Purê
Aprenda a fazer 3 ...
360 WayUp
A 360 WayUp, ...
A Cabana
Um homem vive ...